Conheça o cosplayer Cosplay Eventos Rio de Janeiro

8 cosplayers para você conhecer – Rio Anime Club Otaku Edition

Nosso primeiro post sobre cosplayers em eventos fez sucesso e resolvemos seguir a receita! Aí vão 8 cosplayers do Rio Anime Club Otaku Edition para você conhecer e acompanhar!

>> Vale lembrar que buscamos selecionar, aleatoriamente, cosplayers iniciantes e experientes, pois assim podemos conhecer como é o trabalho de um cosplayer em vários níveis – destacando aqueles com anos de prática e incentivando quem está começando.

Rio Anime Club Otaku Edition

Quais são as dificuldades de alguém que começou agora? E de alguém que já está nessa área há um bom tempo? Será que são motivados pelo mesmo propósito na hora de escolher o personagem? Não perca no próximo Globo Repórter Confira abaixo e tire suas dúvidas agora!

Luiza Thomaz ~ Ochako Uraraka (Boku no Hero Academia)

Rio Anime Club Otaku Edition

Instagram: @_luizathomaz

Faz cosplay há muito tempo? “Já fiz a Yuno (Mirai Nikki), Nidalee (League of Legends)… Faz alguns meses que eu faço. A primeira vez que fiz foi na BGS em São Paulo, em Outubro. Também já tinha feito um em 2015 e depois parei”
Por que a Ochako? “Eu estava vendo Boku no Hero e fiquei apaixonada pelo anime todo, e a Uraraka foi a que eu mais me identifiquei. Eu queria fazer todos, mas ela foi a primeira e aí resolvi fazer”
Como montou seu cosplay: “A roupa é da minha amiga, eu só precisei encomendar a peruca e a lente. A lente não chegou e a peruca levou 15 dias pra chegar no Brasil. Achei que não ia chegar, mas chegou ontem. Levou 1 mês pra montar o cosplay a partir do momento que eu decidi fazê-lo”
O que mais gostou: A peruca.
O que mais deu trabalho: Não deu muito trabalho, foi bem simples.

Dica:Junte dinheiro e faça. A maioria dos cosplayers falam pras pessoas começarem com um cosplay simples, e não encoraja a pessoa a começar com um cosplay bem complexo. Mas eu acho que se a pessoa quiser começar com um cosplay bem complexo, que comece, gaste o dinheiro que for, porque é uma coisa bem legal a fazer“.

Mais fotos da Ochako:

Júlia Melo ~ Bishamon (Noragami)

Rio Anime Club Otaku Edition

Instagram: @alessaaru

Faz cosplay há muito tempo? “Comecei em 2015, aí parei e voltei ano passado.”
Por que a Bishamon? “Escolhi a Bishamon porque acho ela maravilhosa, linda, empoderada. Eu me sinto muito foda e incrível com ela”
Como montou seu cosplay: “Eu comprei de uma menina que tinha ele já pronto. Mas tive uma grande dificuldade pra encontrar a lente e a peruca. Levou por volta de 4 meses para reunir tudo o que precisava. Ainda tive que costurar a luva que estava descosturada e mandar alguém fazer o chapéu.”
O que mais gostou: A lente.

Dica:Faça o cosplay. Não importa se você acha que não tá bom porque sempre tem aquelas pessoas que nos esculacham, tão sempre muito melhores que a gente… Mas acho que todo o cosplay tem o seu valor. Não importa se você acha que seu corpo não é bom, ou que a cor de pele não combina. Eu acho que vale pra todo mundo mesmo“.

Mais fotos da Bishamon:

Rio Anime Club Otaku Edition

Marcelo Silva ~ Terra (Kingdom Hearts: Birth by Sleep)

Rio Anime Club Otaku Edition

Facebook: /guncosmaker

Faz cosplay há muito tempo? “Faço cosplay há 5 anos. Desde que fiz o primeiro, eu não parei mais. Já fiz aproximadamente 8”
Por que o Terra? “Escolhi esse personagem porque amei ele desde a primeira vez que o vi, me apaixonei pela sua personalidade. Para fazer cosplay, a gente vê o personagem e se sente conectado. A personalidade, o jeito de falar, o jeito de agir… Então a gente pega isso e acaba gostando mais ainda”
Como montou seu cosplay: Levou em torno de 3 meses para fazer.
O que mais deu trabalho: “Foi o capacete. Você não acha nada na internet explicando como se faz. Foi muito complicado, vai fazendo… errando… depois faz de novo… É um processo assim, faz, erra, depois você refaz, e vai inovando sua técnica até chegar num ponto que você se sinta satisfeito com aquilo que fez”

Dica:Escolha um personagem que você ame, que você se identifique; e fazer tudo com amor. Primeiro você tem que se sentir bem pra fazer ele. Se você se sentir bem, o resto fica ótimo“.

Curiosidades: Marcelo destaca que cosplay é um hobby, mas custa bastante dinheiro, e os materiais não são muito fáceis de encontrar, por isso pode ser um processo demorado se você for confeccioná-lo.

Mais fotos do Terra:

Rio Anime Club Otaku Edition

Miguel ~ Tatsumaki (One Punch Man)

Rio Anime Club Otaku Edition

 

Idade: 14 anos
Faz cosplay há muito tempo? “Faço cosplay há um ano, esse é o meu 3º cosplay. E bem feito mesmo é o meu 2º, porque no primeiro evento eu nem tinha ido com peruca nem nada, só com a roupa. Aí no último evento eu fui com a Nora (de Noragami). Tô bem no começo”
Por que a Tatsumaki? Acho que me identifico com a personagem.
Como montou seu cosplay: “Minha mãe fez a roupa pra mim. Ela é estilista e fez todas as minhas roupas até hoje. E a peruca eu comprei pela internet”
O que mais gostou: “O que eu mais gosto é quando as pessoas pedem pra tirar foto comigo. Eu sinto que fiz bem o cosplay”
O que mais deu trabalho: “A peruca demorou, achei que não ia chegar. Acabou chegando 5 dias antes, aí deu tudo certo. Só que eu acho o mais difícil é a maquiagem mesmo.”

Dica:Você não tem que se importar com o que as outras pessoas vão falar, porque no primeiro cosplay que fiz, um monte de gente me zoou porque não tava bem feito. Mas você tem que continuar tentando até chegar num nível bom e aí você vai conseguir um dia“.

Mais fotos da Tatsumaki:

Luis Kede Jin Kisaragi (BlazBlue)

Rio Anime Club Otaku Edition

Facebook: /SiulEdek // Instagram: @siul_edek

Idade: 18 anos
Faz cosplay há muito tempo? “Faço cosplay há quase 4 anos. Mais de 10 cosplays”
Por que o Jin Kisaragi? “Eu gosto desse personagem desde 2011. Foi nessa época que eu comecei a entrar de cabeça no mundo dos animes e sempre tive o sonho de fazer cosplay. Esse personagem sempre foi o primeiro que eu queria fazer, ele e um personagem de Castlevania. Eu sempre gostei da personalidade dele, da forma como ele se comporta, do jeito que ele luta, as habilidades dele. E também me identifiquei bastante com o complexo que ele tinha do irmão. Então tipo… eu vi uma personificação de como se eu pudesse ser como adulto: ele é major, todo bonito e estiloso. De vez em quando tem uns ataques psicóticos. E o melhor de tudo é você ver que ele era totalmente psicótico porque a espada dele tirava a lucidez dele! E depois ele consegue recuperar isso e se torna completamente apelão”
Materiais: Corino, pros detalhes na borda da capa, brim no colete, neoprene pra fazer o catsuit, e as luvas são de lycra.
Como montou seu cosplay: “60% eu fiz e os outros 40% eu comprei. A peruca eu pedi pra uma amiga cortar e dei a estilizada final. O kimono e algumas coisas assim fui eu que fiz. O casaco, o cinto,  eu encomendei, a espada também”
O que mais gostou: “O que eu acho mais impactante é esse casaco azul. Porque se eu o tirasse, ainda daria pra identificar o personagem, mas o casaco tem acabamentos bonitos e é o símbolo da organização de que ele faz parte, do exército. Por ser um major, meu personagem tem que usar constantemente essa farda, então acho que realmente é a essência dele”
O que mais deu trabalho: “Tudo! Porque o que eu pedi, eu ainda tive que mexer em algum momento. Mas a bota foi o pior, tinha uma perfeita no AliExpress. Só que eu queria usar ele pro Anime Friends, e estava muito ansioso. Aí encomendei com alguém de lá e peguei na hora – só que a pessoa fez um acabamento bem ruim. Ainda cortei um pedação da bota pra conseguir deixá-la justa, porque eu não conseguia andar com ela, ficava sambando. Então realmente está sendo um quebra-galho, depois eu mesmo vou refazer”

Dica:Uma dica pra quem faz apresentação: se der algo errado no palco, continua. Porque ninguém sabe como é a sua apresentação, só você. Então às vezes pode ter dado algo errado, você dá uma improvisada lá na hora e fica legal, o povo realmente acha que aquilo foi calculado mas na verdade não. Eu confesso que eu perdi um pouco do ânimo quando eu vi que nada da minha apresentação funcionou, mas pelo menos deu pra continuar“.

Curiosidades: A apresentação do Luis teve problemas técnicos nesta edição do RAC: os efeitos não funcionaram. “Quando eu percebi que o LED não acendeu e não teve nenhuma explosão atrás de mim eu pensei: eu vou continuar. Pelo menos é aquilo: segue o baile, como todo mundo diz. No pior de tudo você para, dá um sorrisão, todo mundo vai achar que era aquilo mesmo e tá tudo certo”. Ainda assim, ele ainda pretende fazer o Kayn (League of Legends) na próxima edição Rio Anime Club.

Mais fotos do Jin:

Fernanda de Souza Padre ~ Vocaloid Hatsune Miku – Música: Senbonzakura (Hatsune Miku)

Rio Anime Club Otaku Edition

Idade: 19 anos
Faz cosplay há muito tempo? “Há 4 anos fiz um da Hinata, de Naruto. Este é o meu segundo cosplay”
Por que a Miku? “Sempre fui fã da Hatsune Miku, desde a primeira música dela. E depois que ela cantou Senbonzakura, eu me apaixonei completamente. Tanto pela música, quanto pelo clipe. Esta roupa dela é um estilo mais antigo japonês, parecendo mais um kimono, aí eu adorei”
Como montou seu cosplay: “Eu encomendei por um site, que transporta roupas e acessório da China para o Brasil. Eles pediram as minhas medidas, mandei pra eles e eles me mandaram a roupa. Lá tem roupas com P, M, G. E também tem roupas com tamanho único, aí eles pedem as medidas pra fazer pra você. A saia ficou meio folgada, minha mãe consertou pra ficar mais justa. A roupa levou 2 meses e meio. Também pedi uma peruca, mas que ainda não chegou, vai chegar segunda-feira (26/04)”
O que mais gostou: “Com certeza foi a saia! Porque ela eu posso usar na rua, eu vou usar outras partes na rua também porque é muito linda”
O que mais deu trabalho: A peruca, pois não chegou a tempo.

Dica:Não tenha vergonha. Porque pelo menos pra mim, eu uso o cosplay para mim. Para eu me sentir bem. Para eu ver no espelho e falar: ‘Caramba, Meu Deus! Eu estou de Hatsune Miku!’. Muita gente vai querer tirar foto, você pode ficar desconfortável, mas é isso, você não pode ter vergonha“.

Mais fotos da Miku:

Rio Anime Club Otaku Edition

Luana de Fátima Oliveira ~ Kageyama Tobio (Haikyuu!!)

Rio Anime Club Otaku Edition

Instagram: @darthlua_cosplay

Idade: 18 anos
Quantos cosplays já fez: Em 2 anos já fez aproximadamente 10 cosplays.
Por que o Kageyama? “Porque nunca tinha feito um personagem masculino. Eu queria um desafio e gostei muito desse anime”
Como montou seu cosplay: “Comprei pronto, só pintei o sapato. Demorou 20 dias no máximo para chegar”
O que mais gostou: Usar a capa e a coroa.
O que mais deu trabalho: Esse cosplay foi comprado prontinho. Mas em outros cosplays que fiz, o que mais deu trabalho foi o da Neferpitou (Hunter x Hunter), que eu demorei uns 6 ou 7 meses, e ainda tá em reforma. Ainda falta reformar o rabo… um monte de coisa”

Mais fotos do Kageyama:

Victor Hugo ~ Kirito (Sword Art Online)

Rio Anime Club Otaku Edition

Quantos cosplays já fez: Este é seu 1º cosplay.
Por que o Kirito? O cosplayer tem um episódio triste em seu passado, quando sua namorada foi assassinada. “Nesse período em que fiquei mal e não queria sair de casa, comecei a ver anime pra tomar meu tempo, pra não ficar pensando nessas coisas. Aí eu achei o SAO. Eu gostei mais do romance entre o Kirito e a Asuna porque me lembrava muito eu e ela. Acabei me apegando ao Kirito mesmo <3”
Como montou seu cosplay: “Comprei pronto. Minha afilhada gostava desses eventos, e eu prometi levá-la uma vez. Vim pela primeira vez aqui no RAC, ano passado. Acabei gostando, todo mundo fantasiado, tirando foto… Aí pensei: ‘Ahh, vou comprar o meu também’. Encomendando, demorou um mês e meio pra chegar. Mas tá valendo a pena até agora”
O que mais gostou: As espadas.
O que mais deu trabalho: “A peruca, não sou acostumado a usar”

Dica:Apesar de ser trabalhoso, vale muito a pena chegar aqui, com todo mundo parando pra tirar foto. Tu acaba se divertindo também. Independente de estar calor ou não, tu acaba esquecendo isso. É muito legal quando tu passa assim e te chamam: “Kirito!”. Uma cosplayer de Asuna passando e perguntando: “Deixa eu tirar uma foto?”. É muito legal quando identificam um personagem que tu gosta“.

Curiosidades: Teve um problema para a roupa chegar. Veio da China, pagou o frete e demorou apenas 5 dias pra chegar no Brasil. Mas então ficou presa na alfândega, onde ficou 1 mês e 10 dias (!). “Mandaram o imposto, foi mais R$ 170 só a fantasia e mais 70 da espada. Aí fazer o que? Tem que pagar, acabei pagando”.

Mais fotos do Kirito:

Rio Anime Club Otaku Edition

Queremos agradecer a todos por terem cedido um pouco do seu tempo para participarem deste post, mesmo com o calor do Rio de Janeiro! Valeu pessoal, vocês deixaram o Rio Anime Club Otaku Edition mais lindo ainda \o/

>> Se quiser saber mais sobre ferramentas e materiais e montagem de peças para melhorar o seu cosplay, clique aqui!

>> Gostou do post? Tem alguma crítica? Deixe um comentário para sabermos! A opinião de vocês é muito importante pra gente :3 

>> Para os cosplayers que participaram e perceberam alguma informação errônea ou gostariam de complementar sua fala, por favor entrem em contato! Estamos às ordens  😉

 

* Entrevistas e fotos realizadas no dia 25 de março de 2018 por Vanessa Eleutheriou e Clara Santos / NANL.

João Eicke
Otaku nascido e criado com animes do Toonami; terror dos buffets livre de sushi e aprendiz do estilo Hiten Mitsurugi!
http://www.noanimenolife.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *