Animes Opinião

Resenha: Noragami (anime)

O mundo é composto por duas partes:  o lugar onde os humanos residem e a margem distante, lugar para divindades e ayakashi, que são fragmentos emocionais que podem possuir humanos e causar problemas. Por isso, remover esses ayakashi do mundo dos humanos é responsabilidade de uma divindade com a ajuda de armas chamadas Shinki, feitas a partir dos espíritos de pessoas que morreram.

Yato é uma divindade menor, sem santuário. Juntamente com sua Shinki, Tomone, ele tem um “serviço de entregas” de desejos, concedendo desejos por apenas 5 ienes. Depois que sua Shinki o abandona, ele decide executar tarefas simples e menos perigosas, que não envolvam ayakashi. Enquanto segue em uma missão para encontrar um gatinho perdido, ele é quase atropelado por um ônibus, mas é salvo por uma garota chamada Iki Hiyori. Hiyori morre por um momento, mas depois volta à vida. Isso, no entanto, faz com que a alma de Hiyori se torne instável, deixando seu corpo com freqüência. Assim, oferecendo 5 ienes, ela pede a Yato para consertar seu corpo … mas Yato não pode ajudar sem um Shinki, então Hiyori o ajuda a encontrar um, na esperança de tornar-se normal novamente. Mas por trás do rosto bondoso de Yato encontra-se um passado distorcido… (Fonte: AniDB)

Yato-blue-eyes-Anime-Noragami-Aragoto-Wallpaper-HD-2015
77809lEscolhemos assistir Noragami por causa da sinopse mesmo, a história das divindades e dos ayakashi chamou a atenção. Mas na verdade demorou um pouco para de fato apreciarmos o anime, só lá pelo 4º episódio. Até ali, apesar de ter personagens interessantes e uma animação muito boa, o enredo pareceu bem ordinário e pouco emocionante. Isso começa a mudar quando passamos a entender melhor a relação entre as divindades e os shinki (ou regalias), no momento em que o novo shinki de Yato, Yukine, entra na história. Os ayakashi ficam em segundo plano para observarmos a dinâmica entre os dois, que só funciona graças à interferência de uma terceira parte, a humana (agora meio-ayakashi) Hiyori. Aliás, até funciona de incentivo para continuarmos vendo o anime a tentativa de entender porque raios uma garota tão legal quanto a Hiyori fica dando bola para um deus babaca como o Yato 😛

Hiyori dando um em um ayakashi.
Hiyori dando um Jungle Savate em um ayakashi.
Será que rola??
Será que rola??

Esse não é o foco do anime (mesmo sendo um shounen), mas se você curte ver lutas, o destaque fica para o embate entre Yato e um personagem exclusivo do anime, Rabou, que também é uma divindade e quer trazer de volta o “antigo Yato” – é é quando temos uma pequena ideia sobre o passado de Yato como Deus da Calamidade. Mas a principal antagonista do anime é mesmo Nora, uma shinki que possui vários mestres (incluindo Yato), ou seja, não é fiel a nenhum e por isso tem má reputação. Ela é a maior causadora de problemas do anime, e junto à questão do passado sombrio de Yato, traz um monte de dúvidas que virão a ser respondidas futuramente, em uma próxima temporada.

548267
Yato e Rabou
Nora, a pentelha da série, perturbando a vida do Yukine.
Nora, a pentelha da série, perturbando a vida do Yukine.

A produção do anime ficou por conta do estúdio Bones, o mesmo de Darker Than Black, Soul Eater, o filme de Cowboy Bebop, Wolf’s Rain e, principalmente, de Full Metal Alchemist – lembrando que FMA Brotherhood é apenas o anime número 1 no ranking do site My Anime List. Bones é um dos estúdios que mais produziu animações japonesas capazes de competir com as animações americanas no mercado ocidental.

Duas outras coisas legais são o uso das cores no anime e a abertura, que inclusive entrou no nosso Top 50 Openings (assista ao vídeo completo aqui!!)

Resumindo, é uma temporada curta que vale a pena ser assistida – nem que seja como base para a segunda temporada, Noragami Aragoto, que já tem uma pegada diferente com bem mais ação (e que nós gostamos ainda mais!).

>> Veja a resenha de Noragami Aragoto aqui!

Noragami
Gênero ação, aventura, shounen, comédia, sobrenatural
No. de episódios 12
Foi ao ar Janeiro a Março de 2014 (terminado)
Adaptação mangá de mesmo nome (2010-?)
Sequência Noragami Aragoto (out-dez 2015)
Site oficial http://noragami-anime.net/

*informações retiradas do perfil no MyAnimeList.

One thought on “Resenha: Noragami (anime)”

  1. Muito bom, assisti Noragami por recomendação de uma amiga e curti pra caramba, tem uma pegada de comédia e lutas bacanas. Espero logo a terceira temporada ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *