tanuki world fest
Eventos Santa Catarina

Tanuki World Fest 2017 – confira como foi!

Na madrugada de um domingo de inverno, subimos em um ônibus no Terminal de Florianópolis junto com instrumentos musicais, armaduras medievais, arcos e espadas, pessoas vestindo roupas parecidas e outras levando fantasias coloridas. O café da manhã foi cocada e pé de moleque, e uma aguinha pra acompanhar. O destino era Criciúma, cidade no sul de Santa Catarina que nunca tínhamos ido, e o objetivo era conhecer mais um evento de anime para nosso repertório: o Tanuki World Fest.

Tanuki world fest

Primeira impressão do Tanuki World Fest

Inicialmente, eu tinha poucas informações sobre o evento e achei que fosse de porte pequeno… até que uma pessoa com cosplay da Babydoll, de Sucker Punch, me mandou mensagem no whatsapp e nos adicionou a um grupo que ficou trocando informações nos dias anteriores ao evento. Era a Renata, não apenas a Babydoll mas também organizadora do Tanuki. Logo deu pra ver que a comunicação era um ponto fortíssimo do evento, e isso foi nos deixando muito animados para o dia.

Depois de 3 horas de viagem e um calor do caramba (a previsão dizia que a temperatura ficaria entre 9° e 30°, OU SEJA), a fila de longe já anunciava o local. Raras vezes vimos tal coisa nos eventos de SC. De fato, o Tanuki se mostrou um evento em expansão, e isso se comprova não apenas pelos números de público, mas pela qualidade das atrações, o tamanho do local, a variedade de salas temáticas e o sorriso no rosto dos staffs que viram todo o trabalho valer a pena.

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

O tema deste ano era Star Wars, nomeando o evento Tanuki World Fest Empire Edition. Isto não se converteu muito em decorações temáticas (até porque o espaço era enorme, imagina decorar tudo aquilo), mas inspirou muitas pessoas a usarem fantasias e roupas em homenagem (não pude colocar minhas várias camisetas pra jogo porque né, tinha que divulgar o blog). Mas é sempre bom saber que tem tanta gente que gosta da mesma coisa que você =)

Tanuki World Fest

O que encontramos no Tanuki?

A primeira área do evento consistia no prédio de aulas da SATC, onde o pilotis abrigou os estandes de gastar dinheiros (a.k.a. lojas de figures, Funkos, camisetas, réplicas de espadas, almofadas, guloseimas japonesas…) e um palco, e as salas de aula abrigaram as salas temáticas. O Tanuki contou com uma sala VIP e muitaaaas salas temáticas, sendo que as mais cheias (algumas mal dava pra entrar!) eram as de jogos e campeonatos, como CS e League of Legends, e também a de hipnose (que o pessoal tá curtindo bastante nos eventos, pelo visto!). Mas a que mais gostamos foi a do Projeto Cartoon, sala voltada para a divulgação do canal, com muitos produtos dos melhores desenhos do Cartoon Network *-* sdds!

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

A área dos artistas também estava presente, e poderia perfeitamente se enquadrar na categoria “estandes de gastar dinheiros” porque tinha coisas muito incríveis, mas eu já tinha gasto todo meu dinheiro lá em outro evento então passei de fininho pra tirar fotos e mostrar no Stories xD

Atravessando o corredor, encontrávamos a primeira área de alimentação do Tanuki com uma pequena cantina, venda de energéticos (que genial!)  e estande da Cacau Show (SIM, CARA *-* os chocólatras piraram). Andando um pouco mais, chegando ao ginásio coberto, tinha mais comida com 4 opções de food truck + venda de refri e água + carrinho de pipoca. Já falei várias vezes aqui que não curto muito food trucks em eventos quando essa é a única opção de comida, mas não era, e um deles até vendia coxinha. COXINHA! Então tudo bem hahahaha. As bebidas também não estavam caras e todas geladas, até mais pro final do evento.

Tanuki World FestAlmoçamos um hambúrguer bem bom, mas fiquei deprimida mesmo no final do evento porque o truck das coxinhas tinha parado de vender, pois teve muita demanda e não ia conseguir atender a todos os pedidos. Essa foi a parte ruim: eu já não tinha dinheiro e as comidas mais em conta tinham acabado. Comi pipoca a contragosto porque não mata fome e teríamos que encarar horas no busão de volta pra casa ainda :/

O ginásio contou ainda com uma arena para treinos e demonstrações do SCAM (grupo de artes medievais de Florianópolis que foi com a gente na caravana), e um grande palco chamado Império, que se concentrou em atrações como o desfile cosplay, apresentação de Pole Dance (acho foda e adorei ver isso em um evento!) e de K-Pop, cujo concurso foi mais uma vez organizado pelo grupo WK Entertainment e, mais uma vez, contou com um bom público! Ainda, no ginásio, havia tênis de mesa disponível e um espaço para artes marciais.

Tanuki World Fest

Como foi o desfile cosplay?

O desfile cosplay do Tanuki World Fest também aconteceu ali, e embora houvesse alguns cosplayers super bem produzidos e bastante gente assistindo, o número de participantes foi pequeno em comparação ao tamanho do evento. Para as próximas edições, gostaríamos de ver o pessoal de Criciúma se soltando mais para ir de cosplay e participar dos desfiles! 😉 Ah! O evento contou também com a cosplayer destaque Adriana Buchele e uma apresentação de Teatro Cosplay com o grupo Faculdade de Artes Nerds, que dessa vez apresentou uma peça completa de Hora de Aventura.

Palco Aliança Rebelde e sua lotação!

Já no outro palco (Aliança Rebelde), que tinha um espaço menor, aconteceram o show da Hokuten, banda de Floripa que tocou algumas de suas versões em português de openings de anime e j-rock, Marcha Jedi, show de hipnose, show da banda Onigattai (que não pudemos ver porque tivemos que ir embora), entre outros. Detonator e Muca Muriçoca foram as grandes atrações desse palco (e do evento) e, claro, se apresentaram mais pro final do dia – inclusive o público assistindo foi tão grande que se espremeu de qualquer jeito entre os estandes, para poder vê-los.

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

Yoda adverte: “Seu lixo, você deve recolher!”

Uma reclamação que nós ouvimos (e vimos) foi sobre a limpeza nas áreas de alimentação, pois as lixeiras já estavam transbordando e as mesas acumulando lixo. A organização do Tanuki World Fest tomou nota desta questão e pediu desculpas, pois era uma empresa terceirizada que faria este trabalho.

>> Mas falando sério – vamos combinar que é o público (nós!!) quem produz lixo e larga em qualquer lugar (inclusive nas arquibancadas e mesas de tênis de mesa)? Poxa galera, bora recolher e deixar limpo pro próximo usar? Valeu falou!

Valeu Tanuki World Fest o/

No geral, podemos dizer que foi um evento que surpreendeu, com um grande público e uma equipe de organização empenhada em fazer algo legal e disponível para resolver qualquer treta que pudesse aparecer, além de ter criado esse canal de comunicação super legal com a imprensa. A seleção de atrações atingiu uma variedade de preferências e acho que todo mundo se sentiu um pouquinho representado. E eu achei demais que o evento ainda dava atestado valendo créditos de horas pra faculdade, mesmo eu não estando mais na faculdade, valorizei xD Ficamos super felizes por conhecer mais um evento em Santa Catarina na mão de pessoas dedicadas e queridas.

E aí, vemos vocês lá ano que vem? ^^ <3

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest

Tanuki World Fest 2017 – Empire Edition
Data 18 de junho
Local SATC educação– Rua Pascoal Meller, 73 – Bairro Universitário, Criciúma/SC
Ingresso R$ 25 ingresso antecipado normal / R$ 60 entrada inteira no dia / R$ 30 meia entrada no dia (levando 1kg de alimento não perecível também paga meia) / R$ 70 ingresso VIP
Site http://estudiotanuki.com.br/
Evento no Facebook https://www.facebook.com/events/2000462533516779/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *